12 de jul de 2013

Super Julia 122 - Sob a estrela do amor - Sally Garrett

"Nem o tempo nem a distância derrotariam um amor tão profundo quanto o nosso, Caroline!

 Fazia vinte e cinco anos! Sem acreditar que se encontrava mesmo diante de Granville Kane, Caroline levantou-se lentamente, incapaz de expressar em palavras a profunda emoção de vê-lo entrar em seu escritório. Ele não era mais o adolescente rebelde que a amara apaixonadamente sob a noite do deserto. Ela não era mais a garota impetuosa que se entregara à descoberta da paixão sem pensar nas conseqüências.
Mas, nos longos anos em que viveram separados, jamais se esquecera do único homem que a fizera verdadeiramente mulher. Sobretudo, jamais se esquecera da jura feita à luz da primeira estrela, naquela noite perdida nos tempos. E, agora, poderiam se amar para sempre, contra todos os obstáculos, apesar de todas as proibições?

Esse é de longe o livro mais chato e cansativo que já li em toda minha vida. Levei mais de 1 ano para terminar de ler, só pra não deixar pela metade, coisa que não gosto!
O troféu mulher insuportável vai para.... Caroline Noble!
Eles tiveram um filho quando bem jovens e por causa dos pais dela que não aceitaram a gravidez nem o relacionamento deles, ela doou a criança. O que ela não sabia era que o pai do bebê ficaria com ele!
Ficaram anos sem se ver, e quando ela já estava com mais de 40 anos se reencontraram.
Tinha tudo pra ser uma bela estória, se não fosse a chatice dessa mulher. Além de intransigente, grossa e mala.
O cara é um santo pra aguentar, ele é tudo de bom e suporta todas as grosserias dela que mesmo estando errada, aliás a mais errada de toda a estória, ainda quer estar certa e ofende meio mundo.
O cara agrada, quer ajudar, é atencioso e ela sempre com a cara amarrada, amargurada com a vida, afff sem chance... o romance tem que ser recíproco!

Leia por sua conta, só não diga que eu indiquei kkkkkk

Download Aqui

3 comentários:

  1. Hahahahaha. Parece o pior livro desta série. Eu também não gosto deste tipo de mocinha imbecil, dona da verdade ^^
    Bj, Aris.

    ResponderExcluir
  2. Vish,nem vou perder tempo com esse livro intão!Eh a 1 vez que eu vejo 1 historia desse tipo,em q a mocinha deu a criança para adoção

    ResponderExcluir