8 de agosto de 2019

Um Lugar Bem Longe Daqui - Delia Owens


Por anos, boatos sobre Kya Clark, a “Menina do Brejo”, assombraram Barkley Cove, uma calma cidade costeira da Carolina do Norte. Ela, no entanto, não é o que todos dizem. Sensata e inteligente, Kya sobreviveu por anos sozinha no pântano que chama de lar, tendo as gaivotas como amigas e a areia como professora. Abandonada pela mãe, que não conseguiu suportar o marido abusivo e alcoólatra, e depois pelos irmãos, a menina viveu algum tempo na companhia negligente e por vezes brutal do pai, que acabou também por deixá-la.  Anos depois, quando dois jovens da cidade ficam intrigados com sua beleza selvagem, Kya se permite experimentar uma nova vida — até que o impensável acontece e um deles é encontrado morto.  Ao mesmo tempo uma ode à natureza, um emocionante romance de formação e uma surpreendente história de mistério, Um Lugar Bem Longe Daqui relembra que somos moldados pela criança que fomos um dia e que estamos todos sujeitos à beleza e à violência dos segredos que a natureza guarda.

 A obra foi incluída no clube de livros de Reese Witherspoon, que posteriormente adquiriu os direitos de adaptação cinematográfica e vai produzir o filme com a Fox 2000.

RESENHA:
08/08/2019

Kya é a mais nova dos cinco filhos de Pa e Ma que vê um a um de sua família ir embora, até não sobrar mais ninguém.
Com apenas 6 anos ficou sozinha com o pai - um ex combatente de guerra - que passa dias fora de casa bebendo e apostando o pouco que ganha e à partir desse momento é que Kya passa a aprender como se virar para comer, até que por fim é abandonada também por ele.
A família sempre viveu no brejo e eram mal vistos pelo pessoal da cidade, chamados de lixo.
Durante seu isolamento ela aprende tudo à sua volta sobre a natureza e os animais. De uma inteligência fora do normal, seu conhecimento da vida selvagem vai definir quem ela é, mesmo que ainda seja excluída pela sociedade.
A estória se passa no começo da década de 50, alternando com acontecimentos do final da década de 60. A narrativa é em terceira pessoa contando a vida e a luta pela sobrevivência da Kya e no futuro com o inquérito sobre uma morte que aconteceu ali no brejo.

A escrita da autora é maravilhosa! Rica em detalhes e profundo conhecimento da vida selvagem, é uma verdadeira aula de biologia.
Como a Kya passa a maior parte da vida sozinha, tem muita narrativa descritiva e poucos diálogos, mas é uma estória que comove pela solidão e pela profundidade de sentimentos. Alguns temas como racismo e exclusão social são abordados , mas a autora não se prende muito neles.
Tive um pouco de dificuldade em visualizar o "quintal" da Kya, apesar das descrições da autora ainda não consegui enxergar o que ela mostrava.
Sobre o crime - que é um pano de fundo - não foi mistério para mim, por isso não fiquei supresa. O principal nessa estória é a perseverança da Kya e tudo que ela foi capaz de conquistar.
O final da estória teve um resumão que me deixou com uma sensação de que alguma coisa estava faltando.
No mais, é um lindo livro que recomendo pra que gosta do gênero drama. Quem espera por um thriller pode se decepcionar.

Nota: 4 ★

Adquira o livro Aqui

30 de julho de 2019

Uma Noiva Para Winterborne - Lisa Kleypas - Os Ravenels # 2


Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer - nos negócios e em tudo mais.  No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda.  Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão.  Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade.  Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma Noiva Para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.

RESENHA:
29/07/2019


A estória do casal já começa no livro anterior, porém termina antes mesmo de engatar. Agora Helen vai atrás do Rhys para retomar tudo do ponto que parou.
Eu estava muito ansiosa por esse livro desde o anterior quando a autora nos dava alguns lances do que seria o romance deles. Acontece que tudo deu muito certo desde o começo e aquilo que poderia ser uma trama incrível começou bem e depois foi ficando cansativa, pois nada acontecia. Era tudo flores e rotinas do dia a dia.
Quando faltavam 100 páginas para terminar que a estória começou a engatar e tudo que levei dias pra terminar, levei uma hora. Ainda assim, foi resolvido tudo muito rápido e com muita facilidade.
Não foi um livro que entrou para os favoritos e nem me encantou. A autora já tinha tudo meio pronto da trama anterior então não precisou de esforços para unir o casal. O resto foi apenas encheção de linguiça.
Outra coisa que incomodou foi o excesso de ingenuidade das personagens. Uma com 21 anos e as gêmeas com 19 mas pareciam pré adolescentes, principalmente as gêmeas que rolavam no chão com os cães, insistiam em pôr as mãos onde não podiam e perguntas e comentários que pareciam vir de meninas de 10 anos. Nem em livros que se passam em épocas anteriores vi tanta falta de informação.
Enfim, eu não curti essa estória mas sou exceção, então não deixem de ler por causa da minha opinião.
Tô mais curiosa pela estória da doutora Gibson e do detetive.

Nota: 3, 5 ★

Adquira o livro Aqui



10 de julho de 2019

Rainhas do Romance Histórico 10 - O Castelo das sombras - Candace Camp - Trilogia dos Aincourt #2



O destino parecia ter feito o pior.

Com a vida arruinada, Richard, conde de Cleybourne, retorna para seu castelo no campo com o propósito de se recuperar da trágica perda que havia sofrido. Mas seus planos são interrompidos com a chegada de Jessica Maitland. A governanta ruiva e geniosa havia trazido Gabriela, de quem Richard seria o tutor.  Como se sua presença já não fosse ruim o suficiente, Jessica revela que Gabriela corre perigo. Alguém quer se apoderar da fortuna da menina, talvez uma pessoa que o duque conheça muito bem.  Agora, devido a uma nevasca violenta, uma combinação estranha de hóspedes se instalou no castelo. E quando uma pessoa aparece morta, Richard e Jessica têm de descobrir quem é o assassino e solucionar o mistério, apesar de estarem mergulhados no mais apaixonado de todos os enigmas: os segredos de um coração solitário.



RESENHA:
10/07/2019

Quando você pega um livro e não pára até terminar é sinal que a estória é muito boa! Esse eu li em menos de um dia e já quero mais dessa autora!

Nesse segundo livro da trilogia, vamos conhecer a estória de Richard, o belo conde viúvo e da Jessica, a jovem governanta.
Richard se afunda há 4 anos em tristeza e depressão por causa da perda prematura de sua esposa e de sua filhinha em um acidente.
Agora, às vésperas do natal e perto do aniversário de morte delas ele decide por um fim em sua vida, mas é impedido por uma mãozinha do destino.
Jessica chega no castelo com a jovem de 14 anos à tira colo e quando não é recebida pelo conde, bate o pé e sai gritando por ele até que apareça.
A menina ficou órfã aos 8 anos e desde então viveu sob a tutela do general tio-avô de Gabriela, mas agora com sua morte o próximo tutor é o conde de Cleybourne que foi amigo do pai de Gaby.
Acontece que ele não quer de maneira nenhuma a governanta enxerida e muito menos uma criança que o faz lembrar da sua filha. 
Decidido, avisa que encontrará um outro casal que cuide da garota e enquanto isso não acontece eles são obrigados à conviverem juntos e para piorar, são obrigados a ficar sob o mesmo teto que a detestável Lady Vesey e seu marido, que quer a guarda da menina mais que qualquer coisa.
Durante uma forte nevasca, vários viajantes são impedidos de continuar caminho e acabam pedindo ajuda no castelo. O conde é obrigado à fornecer quartos para todos e conviver com esses estranhos até que o tempo melhore, porém acontece um assassinato e todos ficam apavorados e ao mesmo tempo todos são suspeitos.

Eu adorei esse livro! O romance entre eles é gostoso, as barreiras que o conde ergueu em torno de si vão caindo aos poucos e Jessica vai transformar a vida e a rotina dele em pouco tempo. Os mistérios que envolvem o assassinato também deixa a estória mais fluida e envolvente.
O casal do primeiro livro ainda é meu favorito, mas esse romance também me cativou. Recomendo!

Nota: 5 ★

Aqui

Trilogia Aincourt:
Livro 1 - Rainhas do Romance Histórico 09 - A Mansão dos Segredos(Devin e Miranda)

Livro 3 - Rainhas do Romance Histórico 11 - A Casa das máscaras (Michael e Rachel)

31 de maio de 2019

Rainhas do Romance Histórico 9 - A Mansão dos Segredos - Candace Camp - Trilogia dos Aincourt #1



Devin Aincourt, conde de Ravenscar, era um verdadeiro libertino. Ele se comprazia em gastar todo o dinheiro herdado e ignorar a administração de suas terras. Até o dia em que sua mãe implorou para que ele recuperasse a fortuna e o nome da família se casando com Miranda, uma rica herdeira americana.  No entanto, Devin não imaginava que esta estrangeira decidida e autêntica tivesse os próprios planos: tornar suas terras rentáveis outra vez, arrancar o conde das garras da amante e conquistar seu coração, mesmo que ela tivesse de enfrentar a maldição rogada sobre os Aincourt há várias gerações.

RESENHA:
31/05/2019

Esse é de longe o livro mais lindo que já li do gênero. Não sei por quê demorei tanto para conhecer a escrita da Candace Camp.
Essa estória se trata de casamento arranjado como a maioria dos romances de época. Também tem um protagonista libertino, que adora jogatina, bebidas e mulheres. Também tem uma mocinha destemida e decidida, mas nada, nada que li até hoje chega aos pés desse romance.
Alguns podem me achar exagerada, mas é essa a sensação que tive desde as primeiras páginas até o epílogo.

Devin é tudo aquilo que a gente já viu em outros livros mas nesse ele é realmente um libertino. Ele é amante de uma mulher casada há muitos anos e é apaixonado por ela. É um inútil, não faz nada além de beber e gastar os últimos tostões da família falida.
Miranda é americana, filha de um comerciante de peles extremamente rico. Além de tudo é restaurador de propriedades em ruínas, gosto que passou para a filha desde muito cedo.
Ela é muito inteligente, entende dos negócios do pai e participa deles. Sabe investir seu dinheiro, aplicar e resolver questões financeiras. 
Quando os pais de ambos sugerem que eles se casem, logo eles são contra a ideia. Devin nem pensa em abandonar sua amante e imagina que Miranda seja uma mulher sem graça para ter aceitado se casar com um estranho e ela imagina que o conde deva ser um homem horroroso que ninguém quer, senão por que se casaria com ela?
O primeiro encontro deles é ótimo! É apenas uma amostra do que ainda vem pela frente. Devin se acha "o cara", o irresistível que ninguém fala não, acontece que ele não contava com a língua afiada da Miranda.
Eu ri muito com essa protagonista! Ela é tudo que eu esperava num livro assim, aquela que não pensa pra falar e não deixa ninguém - ninguém mesmo - folgar nela.
Cada vez que Devin quer bancar o superior ela acaba com a moral dele e toda vez ele sai com o rabo no meio das pernas. E agora por motivos pessoais, eles vão aceitar se casar e quando ele pensa que vai mandar nela ahhhhh.... outra cena imperdível!
Gente, as cenas são perfeitas, os protagonistas idem. A trama é muito bem escrita, sem enrolação, sem mi mi mi e cheia de acontecimentos.
Rola ciúmes, mistério, sequestro e uma revelação chocante no final.
Tiro meu chapéu pra essa autora, esse livro pelo menos mereceria uma versão de livraria daquelas bem lindas só pra ter destaque.
Quem é fã de romances de época deve ler esse livro. Podem até não amar como eu mas duvido que o ache fraco.
5 estrelas é pouco pra ele, ameiiiiiii e vou continuar a série já! Estou ansiosa pelas estórias dos outros personagens que já foram apresentados nesse primeiro livro.

Aqui


Trilogia Aincourt:
Livro 2 - Rainhas do Romance Histórico 10 - O Castelo das Sombras (Richard e Jessica)

Livro 3 - Rainhas do Romance Histórico 11 - A Casa das máscaras (Michael e Rachel)

19 de maio de 2019

Bestseller 146 - Libertino Apaixonado - Suzanne Enoch - With This Ring #1



Lições de amor

Uma governanta nunca deve ficar sozinha com um homem. Sua reputação não pode ter nenhuma mácula. Ela nunca deve demonstrar suas emoções pessoais. Por mais que seu patrão a provoque. Uma governanta nunca questiona as ordens de seu patrão. Mesmo quando ele a tenta a sacrificar a respeitabilidade em nome do desejo. Nunca, em tempo algum, ela pode se apaixonar por alguém de posição social superior à sua. Muito menos se ele for um libertino... mesmo que os beijos dele sejam devastadores... Não fosse pelo infeliz incidente em seu último emprego, Alexandra Gallant não seria obrigada a aceitar a oferta de Lucien Balfour, o mais notório libertino de Londres. Embora o atraente conde a tenha contratado para dar aulas à sua prima, a voz sedutora e os beijos ardentes sugerem que ele tem algo bem menos respeitável em mente... Algo que nunca acontecerá! Pois embora Lucien queira ensinar a Alexandra os mistérios do prazer, ela está determinada a dar a ele algumas lições sobre o amor...

RESENHA:
19/05/2019

Comecei a ler esse livro em 2017 mas a chatice da protagonista acabou me cansando então parei nas primeiras 60 páginas. Agora resolvi retomar devido à quantidade de elogios que li sobre ele.

Após a morte de seu tio, o conde Lucien ficou responsável pelo bem estar de sua tia Fiona e sua prima Rose de apenas 17 anos. Como ela está na idade de ser apresentada à sociedade, ele contrata uma dama de companhia para que a jovem seja educada e preparada para o seu debut.
O conde só não contava que essa governanta seria tão petulante e ainda assim ele fosse gostar tanto dela. Mas o que ele menos suporta na verdade são suas parentes que agora ele é obrigado à engolir, mas acontece que ele não esconde seu desgosto e não perde a oportunidade de alfinetá-las sempre que possível.
Rose é uma chorona mimada pela mãe. Cada vez que o conde solta uma de suas pérolas a garota cai no choro, o que vai dar muito trabalho à Alexandra e ela vai precisar de muita paciência e competência para treinar a jovem e ainda conter os insultos de Lucien.
Ele vai começar a sondar uma candidata à esposa para não deixar seus bens e título para os futuros filhos de Rose mas todas elas são cansativas e sem graça, enquanto Alexandra é a única que desperta seu interesse. Porém a governanta esconde um passado que teme ser revelado e tenta evitar à qualquer custo as investidas do conde.
Seu trabalho com Rose terá terminado assim que a jovem encontrar um noivo e em pouco tempo Alexandra terá que ir embora da casa e da vida de Lucien.

Eu gostei do livro mas a teimosia e chatice da Alexandra foi difícil de digerir, até mesmo para o atrevido do Lucien ela foi demais. Só acho que ele merecia alguém mais divertido e leve que ela.
Gosto demais da autora, recomendo sim!

Nota: 3,5 ★

Aqui

Trilogia With This Ring
Livro 2 - Clássicos Históricos 416 - Encontro à meia-noite (Sinclair Grafton e Victoria Fontaine)
Livro 3 - Classicos Históricos 419 - Aposta Escandalosa (Greydon Brakenridge e Emma Grenville)