sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Uma Noite Para Se Entregar - Tessa Dare - Spindle Cove # 1


Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos.
O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável.
Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.

RESENHA:
30/12/2016

Chegando bem a tempo de terminar a última leitura do ano, finalizo com esse romance histórico que há muito tempo está na minha lista e após várias indicações finalmente o li.
Achei essa sinopse bem completa, na verdade ela resume bem o livro então não irei me estender em detalhes, vou apenas deixar minha impressão sobre ele.

É sim um romance clichê, com homens machões e protagonista à frente do seu tempo. Susanna é a típica mulher independente, que sabe um pouco de tudo, inclusive poções de cura que ela mesmo prepara.
Ela cuida de um grupo de moças que aparentemente não se vêem casadas, ou por que não tenham pretendentes, ou por que já desistiram mesmo.
Nisso eu achei o livro bem diferente, e irreal até. Uma cidadezinha liderada por mulheres, onde os homens não mandam em nada, nem mesmo tem um barzinho para beber após o horário de trabalho.
Quando o tenente Victor (ou Bram para os íntimos) chega com seus homens na cidade, as moças já ficam alvoroçadas, afinal nunca viram tantos homens assim na pacata vila.
Só que Susanna tem pavor que isso tire a tranquilidade do lugar e que as moças partam para um outro lugar de descanso.
Acontece que a primeira a cair em tentação é ela mesma! Não resiste ao charme e poder do machão que caiu de paraquedas na vida dela.
Enfim, a estória é gostosa, tem alguns dramas e superações e apesar de ter achado que o final já estava ficando cansativo, ainda assim recomendo a leitura para os fãs do gênero.
Esse é o segundo livro da Tessa Dare que leio e percebi que ela dá uma atenção especial aos que tem certa "deficiência" física. Àqueles que geralmente não tem destaque num romance, mas ela mostra que não precisamos ser perfeitos para sermos mocinhos ou mocinhas. Gostei disso!
Ah, e é muito, muito hot!
Entretanto a leitura não despertou em mim aquela necessidade de ler a sequência com urgência. Vou sim ler, mas sem pressa :-)

LIVROS DE LIVRARIA NÃO TEM LINK PARA DOWNLOAD!

Outros livros da série:
- Uma Semana Para Se Perder - Spindle Cove # 2
- A Dama da Meia-Noite - Spindle Cove # 3
- A Bela e o Ferreiro - Spindle Cove # 3.5

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Julia Históricos 1513 - Marquês Apaixonado - Sally Mackenzie - [Nobres Apaixonados 02]


Inglaterra, 1815
Como dizer "eu te amo?"...

Ao fazer o pedido de casamento Charles Draysmith foi tão romântico quanto um juiz dando uma sentença. Tudo bem que Emma Peterson é apenas a filha do vigário, e ele o novo marquês de Knightsdale, e talvez prefira se casar com ela do que enfrentar a horda de moças solteiras e suas mães casamenteiras... Mas quando ele sugere que está tão somente interessado no ato de "encomendar" um herdeiro... Ah, isso já é demais para uma dama de verdade...

Deve haver algo de estranho com uma mulher que atira um bibelô em um homem que demonstra seus interesses. Talvez o modo como Charles fez o pedido não tenha sido dos mais românticos, mas parecia a solução perfeita. Ele conseguiria uma esposa, Emma conquistaria uma posição na sociedade... Tudo muito simples e prático. Só que as coisas não tão simples como parecem... pois para convencer Emma a se casar, Charles terá de fazer algo muito difícil: confessar que está perdidamente apaixonado...

RESENHA:
09/12/2016

"Marquês Apaixonado é, em romance, o equivalente a um bolo de chocolate... cada página é um deleite irresistível!"
Lisa Kleypas

Charles Draysmith volta para casa para assumir o título de marquês após a morte do irmão e da esposa. Eles deixaram duas filhas pequenas, de 9 e 4 anos, que agora precisam ficar sob seus cuidados.
Quando ele chega, reencontra sua amiga de infância Emma, que está cuidando das meninas no momento.
Charles sabe que precisará assumir essa nova vida e nada melhor que Emma para fazer parte disso com ele.
Esse livro é bem despretensioso, bem leve e gostoso! Sem grandes situações ou empecilhos para que fiquem juntos, só por parte dela mesmo que se recusa a se casar sem o amor dele.
As crianças são uma graça e deixa a estória mais divertida, principalmente a mais novinha.
A protagonista é muito, mas muito inocente, chega a ser cômica e realmente me arrancou risos em algumas passagens. O final foi mais movimentado e me deixou ainda mais satisfeita.
Recomendo pra quem quer um livro curtinho e leve para espairecer :-)

Download AQUI

Esse livro é o segundo de uma série de 5 👇

Julia Históricos 1499 - Duque Apaixonado (James Runyon e Sarah Hamilton) [01]
Julia Históricos 1546 - O Cavalheiro Apaixonado - (John Parker-Roth e Margaret Peterson) [3]
Julia Históricos 1569 - Barão Apaixonado (David Wilton e Grace Belmont) [4]
Julia Históricos 1583 - O Conde Apaixonado (Robert Hamilton e Elizabeth Runyon) [05]


terça-feira, 29 de novembro de 2016

Volta Para Mim - Mila Gray


Kit Ryan está de volta à sua amada Califórnia, de folga do serviço militar. Conquistador inveterado, ele só quer aproveitar as quatro semanas livres antes de retornar ao trabalho, mas se vê atraído pela irmã de Riley, seu melhor amigo. Há tempos Jessa Kingsley chama sua atenção, porém a família super protetora dela sempre foi um obstáculo.
Desta vez, contudo, Kit desiste de lutar contra os próprios sentimentos e logo Jessa se rende ao seu charme. O que começa apenas como um romance de verão rapidamente se torna um relacionamento apaixonado.
Quando chega a hora de Kit voltar ao serviço com Riley, nem ele nem Jessa estão prontos para se despedir. Ela enfim está seguindo os seus sonhos e ele descobriu alguém por quem sacrificaria tudo. Jessa promete esperá-lo e Kit garante que voltará para ela. Não importa o que aconteça.
Mas então uma visita inesperada traz uma notícia trágica: uma das pessoas que ela mais ama morreu em serviço. Quem terá sido? Seu irmão ou seu namorado?

Em Volta Para Mim, Mila Gray constrói uma história de tirar o fôlego sobre amor, amizade e família, conduzindo o leitor por uma jornada de superação e autodescoberta.

RESENHA:
29/11/2016

Para quem gosta do gênero jovem adulto, pode ser um prato cheio. Como esse não é 
um gênero que gosto, acabou não me empolgando.
Já estava esperando uma estória bem clichê e realmente foi. 
Um romance bem água com açúcar contado em primeira pessoa ora por Jesse, ora 
por Kit, intercalando os capítulos.
Jesse começa contando sobre ela e Kit e no capítulo seguinte ele conta à partir de onde parou e assim sucessivamente.
Jesse tem um pai terrível, aquele cabra macho que todos tem medo até de respirar perto. Sua mãe é submissa e não se pronuncia e somente seu irmão Riley é que dá a sensação de aconchego de família.
Quando ela começa a se envolver com Kit, sabe que eles têm apenas 1 mês juntos antes que ele e seu irmão partam em outra missão, onde eles ficarão por mais um ano.
A estória vai contando sobre as fugidinhas dos dois para ficarem juntos, se escondendo dos pais e irmão - ela tem 18 anos e ele 21 - então o "problema" mesmo deles é o medo que o pai dela descubra e também a partida do Kit.
Já estava quase desistindo desse romance adolescente quando um pouco antes deles partirem algo acontece e aí o livro começa a ficar bom. Daí até o final foi o que salvou o livro pra mim e algumas partes foram bem tristes, confesso que me arrancou lágrimas.
Ainda assim, não me identifico com o gênero e provavelmente não lerei outros do mesmo.

LIVROS DE LIVRARIA NÃO TEM LINK PARA DOWNLOAD!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Cilada Para Um Marquês - Sarah MacLean - Escândalos e Canalhas 1

“De todas as bobagens incríveis que ele já tinha visto as mulheres fazendo ao longo de sua vida, aquela era, sem dúvida, a pior.”

Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares.

Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela.

No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço.

O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada?

Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam…

RESENHA:
31/10/2016

Depois de ler somente thrillers nesse mês do halloween, resolvi finalizar a meta de leitura com algo mais suave e romântico.
Dentre todos os romances de época que tenho separado aqui, optei por esse que estava apaixonada desde antes de seu lançamento.
Cilada para um marquês é um romance delicioso pontuado por cenas hilárias, muitas brigas e divergências entre o casal que apimentam ainda mais o relacionamento deles.
As autoras de romances de épocas tem que se reinventar sempre nas estórias para não cair na mesmice e o diferencial desse aqui é que não se passa dentro de salões de bailes e reuniões da aristocracia. Tudo se desenrola em uma viagem pela estrada, onde eles passam a maior parte do tempo brigando, fugindo e correndo riscos.

Sophie é a mais nova das irmãs chamadas de "Irmãs Perigosas" pela sociedade, tudo porque estão sempre à caça de algum bom partido. Enquanto a mãe e as irmãs fazem de tudo para se encaixar nesse meio ela é o contrário, odeia a aristocracia e tudo o que vem junto.
Depois de um escândalo envolvendo Sophie, ela percebe que nunca será aceita nesse meio e como ela não faz questão nenhuma disso, ela resolve ir embora de Londres e voltar para Mossband, cidade que a família vivia antes do pai conseguir o título de conde.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Sabrina 1201 - Não me peça para voltar - Catherine George


Casamento de fachada ou casamento de verdade?

Tão rápido fora o casamento de Rose e James foi a separação. Agora ela havia decidido refazer sua vida, e escreveu a James para perdi-lhe o divórcio.

Para sua surpresa, James não só não aceitou seu pedido como foi pessoalmente dizer-lhe não... O reencontro foi tão mágico e avassalador como o primeiro encontro, e Rose teve certeza de que se James pedisse ela voltaria para ele!

RESENHA:
31/08/2016

Precisava de um livro curtinho para finalizar o mês e entre tantos de banca fui escolher esse.
Não vou dizer que é ruim, mas vou esquecer ele tão logo.

Eles namoraram na faculdade, ela uma caloura ainda, ele no último ano e logo se casaram.
O livro começa 10 anos pra frente, quando ela o procura para pedir o divórcio.
Então os capítulos se alternam entre o passado - contando como eles se conheceram até ficarem juntos - e nos tempos atuais quando ele volta.
Se não fosse o excesso de detalhes desnecessários da narrativa (o que eles colocaram no recheio do pão) poderia até ser melhorzinho, mas acho que autora não explorou muito e ficou mais uma estorinha água com açúcar sem nenhuma novidade.
Uns telefonemas anônimos tentaram dar um up na estória, mas enfim, é mais do mesmo. Dá pra ler numa tarde.

Download Aqui

sábado, 20 de agosto de 2016

Manhã de Núpcias - Lisa Kleypas - Os Hathaways 4


Quando herdou o título de lorde Ramsay, Leo Hathaway e sua família passavam por um dos momentos mais difíceis de sua vida. Mas agora as coisas vão bem. Três de suas quatro irmãs já estão casadas, uma preocupação que Leo nunca teve consigo mesmo. Solteiro inveterado, ele tem uma certeza na vida: nunca se casará.
Mas então a família recebe uma carta que pode pôr tudo isso em risco: se Leo não arrumar uma esposa e gerar um herdeiro dentro de um ano, ele perderá o título e a propriedade onde todos vivem.
Solteira e sem pretendentes, a governanta Catherine Marks talvez seja a única salvação da família que a acolheu com tanto carinho. O único problema é que Leo não compartilha do mesmo afeto que suas irmãs têm pela moça.
Para ele, Catherine é uma megerazinha cheia de opinião que fala demais. Apesar de irritá-lo e quase o levar à loucura, ela é a primeira e única mulher com quem ele considera se casar.
Catherine, por sua vez, tem uma opinião igualmente negativa a respeito do patrão. Além disso, ela esconde alguns segredos do passado e um deles pode destruir a vida que tão cuidadosamente construiu para si.
Agora Leo e Catherine precisam um do outro, mas para vencer as dificuldades e consertar as coisas eles terão que superar as turras e as diferenças, num romance intenso e sensual que só Lisa Kleypas poderia ter escrito.

RESENHA:
19/08/2016

Esperei muito pra ler esse livro por causa das mudanças bem significativas pelas quais o Leo passou desde o primeiro livro da série.
Confesso que eu o odiava no primeiro livro e já fiz resenha sobre, mas comecei a sentir uma simpatia por ele no segundo livro, onde a Cat já aparece e rende ótimas situações.
No terceiro livro, as farpas trocadas por eles foram mais frequentes e me conquistaram definitivamente, proporcionando momentos de muita diversão em meio a estória da Poppy e do Harry, dando uma quebrada na tensão.
Mas aí acontece que deu uma esfriada. Parece que toda aquela tensão que faziam os dois discutirem o tempo todo ficaram lá atrás.
Logo que o Leo mostra algum interesse por ela e deixa de persegui-la soltando farpas, a estória deu uma estabilizada.
Eu não saberia dizer se foi por ter lido os dois livros um logo após o outro, que acabei comparando as duas estórias, ou se a outra estória foi tão melhor por ter sido pontuada pelas divergências desses dois.
Só sei que chegou uma hora que a srta. Marks me cansou com sua resistência e ao invés de ficar interessante, tornou-se uma "malinha".
Isso não quer dizer que não gostei do livro, foi uma boa estória. Toda a carga do passado dela foi um diferencial aqui já que conhecíamos tudo sobre Leo, então aí nenhuma novidade.
Mas ainda achei que faltou algo, não meu deu aquela ânsia de devorar os capítulos seguintes pois dava pra perceber que esse romance não iria sofrer grandes reviravoltas.
Sem contar que eu virei fã da doninha Dogger, um fofo ♥
Recomendo a leitura, claro, mas acho importante que leiam o anterior para já pegar um dos melhores momentos do casal.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Tentação ao Pôr do Sol - Lisa Kleypas - Os Hathaways 3


Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar.
Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem.
Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele.
Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça.
Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta.

RESENHA:
10/08/2016

Meus Deus! Que livro é esse?
Fiquei completamente apaixonada por essa estória, superando a primeira na minha opinião.
Peguei pra ler por que já tinha comprado há muito tempo e precisava tirar logo da meta de leitura, mas não dava muito por ele. Agora acho que vai ser difícil outro histórico me arrebatar dessa maneira.
Eu bati meu record e o li em menos de 1 dia por que não conseguia largar o livro por nada!
Ele é divertido e cheio de cenas deliciosas.