quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Julia Paixões Picantes 02 - Um escândalo de amor - Lori Foster


Ele queria um bebê, não uma amante.
Tony Austin não desejava ter uma esposa, mas queria muito ter um filho. O que ele precisava era de uma mulher que gerasse e carregasse seu bebê até o nascimento e depois desaparecesse de sua vida para sempre...

Ela queria um amante, não um bebê.
A última coisa que Olivia Anderson desejava na vida era um marido e filhos. Tudo com que ela sonhava era passar uma semana ou duas de paixão nos braços de um homem absolutamente maravilhoso, que despertasse a sensualidade que pulsava em seu corpo e em sua alma.

E teria sido o encontro perfeito...
Escandaloso mas perfeito. No entanto, Tony e Olivia esqueceram-se de que a paixão podia fugir ao controle racional, fazendo com que o amor chegasse sorrateiro mesmo na vida daqueles que acreditavam ter escolhido encontro perfeito...

RESENHA:
03/02/2016

Salvo um momento em que quase são pegos com a boca na botija, o restante não teve nada de mais. 
Ele quer um filho mas sem compromisso com uma mulher e ela quer alguns momentos íntimos sem compromisso com ninguém.
Ela concorda rápido até demais para surpresa dele, mas pq tem seus motivos...bem malandros por sinal.
Depois de passarem uma manhã juntos (sim, manhã pq a noite deu errado) ele já está apaixonado e seus discursos de pai solteiro, já esquecidos.... rápido assim!
Fora uma criança de 6 anos que fala como adulto e até cobra a mocinha para que apareça no jantar de família, afff
A família toda dele só a viu uma vez e já a trata como se a conhecesse há anos, muito exagerado pro meu gosto.
Como não gosto de estórias que só falam de sexo sem grandes momentos, então não fez meu gênero.
Ainda bem que o livro é super curto então não perdi muito do meu tempo.

Download Aqui

domingo, 31 de janeiro de 2016

Julia Históricos 1588 - A Outra - Mary Wine


Inglaterra, 1578.

Unidos pelo destino

Para assegurar o futuro de seu clã, Brodick McJames precisa se casar. E Mary Stanford, filha de um conde inglês, é a escolha perfeita! Brodick nunca viu sua noiva, mas isso é irrelevante, pois tudo o que ele quer é uma mulher que lhe dê um herdeiro. Ao descobrir que está prometida a um homem a quem não ama, Mary decide mandar a meio-irmã Anne em seu lugar..

A mulher que chega a Alcaon é bem diferente do que Brodick esperava, e a paixão que floresce entre eles promete mais do que um simples casamento de conveniência. Enciumada ao perceber a felicidade da irmã, Mary fará de tudo para desfazer a troca...

No entanto, quando o destino aproxima um homem e uma mulher apaixonados, é preciso muito mais do que um plano para separá-los...

RESENHA:
31/01/2016

Anne é filha bastarda do Conde de Warwick com sua amante Ivy. Como a esposa do conde, Phillipa, se recusava a dar outro filho ao marido por medo do parto, ele instalou a amante no castelo e com ela teve 2 filhas e 3 filhos.
Só que a condessa Phillipa tinha horror à Anne, pouco mais nova que sua filha Mary, e fazia dela sua empregada. Como o marido ficava meses na corte, Phillipa esbanjava maldade com a menina, que sempre obedecia de cabeça baixa.
Um dia o conde selou um acordo com Brodick, o conde de Alcaon, um escocês interessado nas terras como dote do casamento. 
A prometida foi a sua filha legítima, Mary, mas a mocinha mimada se recusou a aceitar esse acordo, então a mãe malévola mandou  Anne no lugar da filha e quando ela tivesse um bebê, Mary tomaria seu lugar de volta.
As ingênuas maldosas achavam que o maridão não ia perceber a troca, já que eles vivem meses fora de casa por conta das guerras.
Anne foi forçada a aceitar o acordo por ameaças contra seus irmãos, sabendo que a condessa faria de tudo para enviá-los à morte.
Logo o casal se apaixona e Anne precisa contar a verdade ao marido, pois não quer mais que ele seja enganado.

O livro é uma graça, mas tive a impressão que foi muito resumido. Ele poderia ter mais páginas, tinha história pra mais. Pulava de um personagem pro outro de repente, como se tivesse sido cortado.
E o final foi ótimo e as duas bruxas tiveram o castigo merecido!

E tem a estória do irmão dele, Cullen!

Download Aqui

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Julia 1018 - O Dono do meu coração - Janelle Denison


O insinuante fazendeiro Tyler voltou ao lar depois de 9 anos de ausência. Fora reclamar sua herança: metade das terras de seu pai.
Brianne, a antiga namorada, não escondia sua decepção com sua presença. Ao partir, Tyler levara não somente sua virgindade mas também seus sonhos e seu coração.
Grávida, Brianne fora forçada a casar-se com Boyd, irmão de Tyker, e apresentar o menino Daniel como filho dele. Mas agora seu marido havia morrido, e Tyler estava de volta. Será que Brianne conseguiria manter o segredo do passado?
E conseguiria que seu coração não batesse tão acelerado quando Tyler estivesse por perto?

RESENHA:
26/01/16

Gosto muito dessa autora e esse livro é bem gostosinho de ler.
Eles namoraram escondidos quando ela tinha apenas 18 anos e ele 23 e logo em seguida ficaram noivos.
O sonho dele era treinar cavalos de corrida, mas seu meio irmão fez de tudo para atrapalhar seus sonhos, então depois de uma discussão com o pai ele foi embora de casa.
Depois de 9 anos o advogado o encontra dizendo que o pai e o meio irmão já faleceram e agora a metade da fazenda é dele e a outra metade é da sua ex.
Agora ele precisa voltar, encarar o passado que ele deixou pra trás e retomar seus sonhos antigos.

Eu gostei do livro, li em meio dia. Ele acha que teve motivo para sumir e ela acha que tem motivos para não querer mais nenhuma reaproximação com ele.
E quando um quer, o outro pula fora....
O momento que ele descobre que o filho dela é seu tbém foi muito bonito.
Dá pra ler de uma vez só!

Download Aqui

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Lições do Desejo - Madeline Hunter (Irmãos Rothwell 02)


Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante e exótica editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. A pedido de seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Historiador de renome e autor de livros respeitados, tudo indica que ele seja a pessoa ideal para a tarefa. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está presa por causa de uma acusação injusta. Graças ao prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra. Percorrendo juntos uma das regiões mais belas e românticas da Europa, eles vão descobrir que discordam de quase tudo o que o outro pensa ou faz – exceto o que fazem juntos na cama. E, nessa aula de prazer, será cada vez mais difícil saber qual dos dois tem mais a ensinar.


Resenha: 20/01/2016

Esse é o primeiro livro que leio dessa autora e não me impressionou.


Phaedra (que nome!) é uma mulher super pra frente para sua época. Ao contrário de todas, só se veste de preto, não arruma os cabelos, não usa espartilho e não tem nenhuma intenção de se casar.
Foi criada por uma mãe solteira bem liberal que a colocou pra morar sozinha com apenas 16 anos. Segundo ela, assim Phaedra aprenderia se virar sozinha.
A mãe quando faleceu, deixou pra ela um camafeu como herança para que quando ela precisasse se dinheiro, o vendesse. 
No leito de morte, seu pai deixa um diário com suas memórias e escândalos da sociedade, para que ela publicasse após sua morte e ela herda também uma editora quase falida.
Após a morte do pai, ela parte para Nápoles atrás de histórias sobre o passado de sua mãe e também da autenticidade do camafeu.

Lorde Elliot, um historiador e autor de livros, a pedido de seu irmão parte também à Nápoles para tentar impedir que Phaedra publique a parte das memórias que compromete o nome da família deles.
Assim que a encontra presa na cidade, ele negocia sua soltura ficando responsável por ela, e não poderá ir à lugar algum sem ele.
Ela não suporta a ideia de se ver presa à um homem, ainda mais com tantos planos que têm em mente e até tenta fugir algumas vezes, mas sem sucesso.
Enquanto são obrigados a conviverem juntos, acabam gostando um do outro.

A estória é muito bem escrita, rica em detalhes, porém extremamente cansativa.
A narrativa em exagero fez com que eu perdesse o interesse pelo livro, e acabei fazendo uma leitura dinâmica pra terminar logo.
Fora que a moça é chata e igualmente cansativa. A insistência dela em não mudar de opinião acabou transformando-a numa mulher maçante.
Sua mania de querer que tudo seja do seu jeito, sem ceder e esperar que o homem faça tudo à sua maneira, não me agradou. Não consegui achar o romance deles empolgante. Não foi uma estória em que eles enfrentam tudo e todos pra ficarem juntos.
Apesar de bem escrito, não foi um romance que me animou para as próximos livros da autora, sendo assim, já retirei a sequência dos Irmãos Rothwell da minha meta de leitura.

Livro de livraria, sem link para download!

domingo, 10 de janeiro de 2016

Segredos de uma noite de verão - Lisa Kleypas - [As Quatro Estações do Amor 1]


Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.

Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.

No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz.

As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso.

No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.

RESENHA:
10/01/2016


Meio em dúvida sobre o que comentar desse livro.
Primeiramente posso dizer que não me tirou o fôlego, nem o devorei em pouco tempo.
Ao contrário dos outros da Lisa que li, essa leitura foi meio cansativa. Na verdade a mocinha foi cansativa, demais!

Annabelle Peyton tem 24 anos e ainda não tem nenhum pretendente para casar. Vive tomando chá de cadeira nos bailes e eventos e dessa está mais que disposta a conseguir um marido, um nobre, para tirar sua família da ruína. Aliás, essa é sua última chance de conseguir.
Sua mãe é viúva e ela tem um irmão 10 anos mais novo que ainda frequenta o colégio.
Ela já está em sua quarta - e última temporada - e não há nenhum pretendente à vista. Apesar de ser de família importante, ela não possui dotes e até mesmo suas roupas são remendadas. Não recebe nem mesmo convites para dançar, e numa desses 'chá de cadeira' ela conhece 3 moças que serão suas amigas e que darão sequência à essa série. São elas: Lillian, Daisey e Evie.
O único que mostra interesse por ela é Simon Hunt. Milionário, negociante, mas não possui nenhum título de nobreza e por isso é mal visto na sociedade.
Ter charme, dinheiro e bom humor não é suficiente para ela, que ambiciona mais.
O primeiro encontro acontece numa noite de show, onde ele rouba um beijo dela e apesar de se verem em outras ocasiões, só voltam a ter contato dois anos depois.

Ela é extremamente grossa, mal educada eu diria. Não dá a mínima chance dele se aproximar e o motivo é apenas preconceito. 
Ela quer um marido que tenha título, mesmo que ela case sem amor.
Ficou difícil gostar dela, eu não consegui . Fora que não acontece muita coisa interessante, não tem grandes momentos entre os dois, e quando tem ela faz de questão de mostrar sua grosseria e ser esnobe. Não são discussões que deixam a estória engraçada, mas que irrita.
Uma parte que ela mostra bem seu lado esnobe, é um jantar na casa dos pais de Simon:
" O jantar consistiu em bifes grossos de vitela bem-passados, acompanhados por um empadão e uns poucos legumes. Annabelle reprimiu um melancólico suspiro quando lembrou dos pratos que havia experimentado na França (...)"

Suas amigas são infantis e na maioria das vezes elas me causaram tédio. 
Armaram um plano para forçar um senhor a desposá-la e dando certo ou não, você vê que faltou maturidade nelas.
Apesar disso, acho que a estória da Liliian com o Lorde Westcliff será mais interessante, pois os dois não se suportam e acredito que renderá bons momentos.
O final do livro foi muito bonito, a declaração de amor por ele foi realmente linda e por esse motivo vou dar 4 estrelas pra esse livro.

Próxima edições dessa série:
- Era Uma Vez No Outono - Lillian Bowman e Lorde Westcliff (Livro 2)
- Pecados no Inverno - Evie Jenner e Sebastian, Lorde St Vincent (Livro 3)
- Escândalos na primavera - Daisy Bowman e Mathew Swift (Livro 4)

Livro sem link para download!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Clássicos Históricos 358 - Inadequado, mas Irresistível! - Anne Gracie- [Irmãs Merridew 01/04]


Inglaterra, 1816
Nos braços de um libertino!

Cansada da tirania do avô, Prudence Merridew foge com suas irmãs para Londres. Uma delas precisa se casar, e para viajar como acompanhante das irmãs, Prudence simula um noivado secreto com um duque recluso. Mas quando o duque inesperadamente chega em Londres, ela é obrigada a contar com a ajuda dele para evitar uma situação desastrosa...

Aristocrático, bonito e charmoso, Gideon entra de bom grado no jogo de Prudence, já que a encenação lhe possibilitará roubar alguns beijos da adorável dama. Habituada a conviver apenas com as irmãs e com pessoas idosas, Prudence fica fascinada com aquele homem charmoso e sedutor. E então seu plano começa a ir drástica e deliciosamente por água abaixo...


O que falar desse livro? Nossa, super amei!
E esse Gideon, gente? Que figura é essa? Quero mais livrinhos com Gideon!!!!
Essa estória merecia uma edição mais caprichada, tá muito além de um simples romance de banca.
Apesar de não se tratar de um grande drama, que fica o livro todo naquela agonia interminável, você não consegue parar de ler! 
O Gideon é tudo o que eu gosto num personagem: Atrevido, engraçado, safadinho e super protetor!
A Pru é meiga, decidida e valente! Enfrenta a tirania do avô, um homem cruel e agressivo, e foge de casa com suas irmãs à tiracolo.

Orfãs desde muito pequenas, foram criadas pelo avô que nunca aceitou o casamento de seus pais. Espanca suas irmãs, uma por ter cabelos ruivos como ela, outra por ser canhota.
Cansada de tantos maus tratos, Pru bola um plano e vai embora de casa. Com mentiras atrás de mentiras pra se proteger, ela vai parar na casa do tio avó (irmão mais novo de seu avó) e lá elas são bem tratadas e cuidadas com muito carinho.
Para que as irmãs possam debutar na sociedade, Pru precisa estar casada, ou pelo menos noiva, então ela inventa um noivo para o tio e usa o nome do Duque de Dinstable, já que ele nunca vem à Londres.
Só que ela já tem um noivo, mas ele é pobre e está na Índia. Um homem de poucos recursos que não será aceito pela família. Fora o fato que ela não consegue contato com ele há 4 anos!!!
Quando Prue descobre que o Duque está na cidade, precisa correr e chegar nele antes do avó.
Já as primeiras cenas entre os dois são hilárias. Ela mente e para corrigir uma mentira, ela mente de novo. Se atrapalha toda e ele se diverte horrores, adorei ele!
Ri demais com ele falando errado o nome do noivo dela, o livro todo kkkkk
De amarrotado e namorador, ele passa a ser um homem apaixonado, querendo tirá-la do noivo e protegê-la do avô tirano.
Recomendo esse livro! Garantia de um romance leve e de boas risadas.
Partindo pra próxima irmã. Espero que seja tão bom quanto esse!

Download Aqui

Próximos livros das Irmãs Merridew:

Clássicos Históricos 360 - O homem perfeito - (Sebastian Reyne e Hope Merridew) Livro 2
Clássicos Históricos 363 - Um estranho em minha vida - (Nicholas Blacklock e Faith Merridew) Livro 3
Clássicos Históricos 381 - Amante Cigano - (Dominic Wolfe e Grace Merridew) Livro 3


terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Desejo Dueto Edição 0 - Prova de Paixão - Maureen Child - [A Dinastia dos Lassiters]


O milionário Matt Hollis nunca deixou que uma mulher influenciasse sua carreira. Mas durante o casamento de seu melhor amigo com uma das herdeiras dos Lassiters, o coração de Matt foi roubado pela madrinha da noiva. Kayla Prince é muito mais do que ele havia planejado. Contudo, ela está dividida. Matt a deixara por um negócio em Los Angeles e agora a quer de volta? Ainda que ele a tivesse enganado no passado, parecia que a segunda vez seria para valer. Entretanto, uma noite fatal colocaria à prova o relacionamento.


Eu hein? Não gostei mesmo!
Só serve pra apresentar os futuros romances e espero sinceramente que seja melhor que desses dois aqui!
O cara dorme com a menina, some por 9 meses pra trabalhar e só volta pq tem casamento do amigo, casamento que ela será madrinha da noiva.
Aí ela muito p* da vida, nem quer conversa com o cara (lóoogico, nem eu!) e depois de umas piscadinhas de olho verde o que ela faz? Cai na cama com o cara, de novo!! Ah, me poupe! Já que quer, então faz o cara se explicar antes.
Nem a explicação dele me convenceu, fraca demais. Quem gosta dá sinal de vida, simples assim. E ela, muito tontinha pro meu gosto!
Não vi nada de lindo na relação dos dois, mesmo pq as duas semanas que ele fica saindo com ela não foi contada, só citada. Mesmo pra um conto, foi fraco demais.
Não gostei, pronto!

Download Aqui


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Os Segredos de Colin Bridgerton - Julia Quinn - Os Bridgertons 4


Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.

RESENHA:
09/12/15

Amo a família Bridgerton! 
Sempre que termino um fico ansiosa pelo próximo, e apesar de ter gostado muito, não achei tão bom quantos os 3 primeiros. 
Enquanto os outros tiveram um enredo mais forte, intenso, esse foi mais calmo e morno, passando da metade do livro sem grandes emoções. 
A autora falou muito sobre eles por meio de narrativa e colocou a revelação da identidade da Lady W nesse livro. Ficou ali um meio a meio entre as duas "estórias". 

Penelope é apaixonada pelo Colin desde sempre e ele sempre a viu como uma irmã mais nova. Criada praticamente dentro da casa dos Bridgertons por ser muito amiga da Eloise, ele sempre a tratou com muito respeito e carinho, mas nunca passou disso. Tirava-a para dançar nos bailes, mais por pena que por qualquer outro motivo. 

Ela já está com 28 anos e é oficialmente uma solteirona e pra ajudar tem uma mãe que é uma jararaca que a vestiu de maneira horrenda a vida toda. Enfim, não ajudou muito a coitada! 

Colin é um solteirão de 33 anos, cobiçado pelas mães da sociedade e um prato cheio para a coluna de Lady Whistledown. 

Evita a mãe e sua incansável mania de querer vê-lo casado e assim que se vê encurralado, viaja pelo mundo por 6 meses a fim de aproveitar a vida de solteiro. 

Assim que ele retorna de sua última viagem, Penelope e ele se encontram com mais frequência nos bailes e com a ajuda de Lady Danbury e sua infalível bengala, ela começa a se soltar mais na conversa e mostra uma Penelope inteligente, extrovertida e simpática, qualidades que Colin não tinha percebido até então. 


Os dias de anonimato de Lady Whistledown estão contados graças à uma aposta iniciada por Lady Danbury: Ele dará uma bela soma em dinheiro à quem descobrir a identidade verdadeira de Lady W. 


Penelope é doce, encantadora, não tem como não gostar dela e Colin é gentil e protetor. Os dois formam um casal perfeito! 

Entre a descoberta do amor de Colin por Penelope e o caça por Lady W como pano de fundo, Julia Quinn nos presenteia com mais uma obra deliciosa.

Sem link para download!


terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Harlequin Históricos 126 - As Tentações de uma Dama - Bronwyn Scott - [Lordes Irreverentes 2/3]



Em sua busca frenética por aventuras, a bela Daphne de Courtenay abandona os bons modos nos salões de baile da alta sociedade e cede ao impulso de aceitar o convite de um estranho audacioso que promete apresentar-lhe a Londres de prazeres intensos!


Delicinha de conto!
Dá pra ler em alguns minutos e passar bem o tempo.
Eles se encontram do lado de fora do baile e não estão dispostos à encarar o salão de bailes e os futuros pretendentes de cada um.
À convite dele, eles saem pela noite para se divertir, sem compromisso, e esquecer pelo menos por algumas horas de suas obrigações.
Sabendo apenas o primeiro nome de cada um e mais nada, eles vivem horas de diversão, paixão e encontram um no outro o que eles realmente precisam.
Recomendo!

Download Aqui


terça-feira, 3 de novembro de 2015

Por Um Momento Apenas - Bella Andre - Os Sullivans - Livro 2


Durante 36 anos, Marcus Sullivan fora o irmão mais velho, ajudando a cuidar de seus setes irmãos após a morte do pai, quando ainda eram crianças. No entanto, quando o futuro perfeito que ele planejara para si próprio transformou-se em nada além de uma mentira, Marcus precisa de uma noite de loucura para se esquecer de tudo.
Nicole Harding é conhecida no mundo todo por apenas um nome Nick , graças à sua música pop contagiante. No entanto, o que ninguém sabe sobre essa cantora de 25 anos é que sua imagem de símbolo sexual é totalmente falsa. Depois de ter sido terrivelmente traída por um homem que amava a fama mais do que a ela, jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar a ponto de descobrir quem ela realmente é... ou de magoá-la novamente. Principalmente aquele homem maravilhoso que Nicole conhecera em uma boate, ainda que o desejo e as promessas transgressoras em seus olhos negros a fizessem querer revelar todos os seus segredos.
Uma noite é tudo o que Nicole e Marcus concordam em compartilhar um com o outro. Contudo, nada acontece como planejado quando, em vez de uma simples relação carnal, descobrem-se ligados de uma forma pela qual nenhum dos dois esperava. E, embora tentassem lutar contra isso, os sentimentos incontidos e a atração profunda os aproximava cada vez mais.
Bella Andre nos presenteia com o segundo volume desta série sensual e romântica, em que o amor pode tornar um simples encontro algo quente para sempre...

Como os outros livros dessa autora que cai na mesmice.
Leio pq tenho toda coleção, pq se fosse em ebook já teria dispensado os livros dela, ou pelo menos, dessa série.
A estória vai bem no começo, até..... eles irem pra cama! Aí é só isso o resto do livro. Não tem conteúdo nenhum, mas quem gosta do gênero hot vai se deliciar.
Esse tem um detalhe a mais que me desagrada, protagonista famoso. Não gosto! Nem de cantor, nem de ator (e ainda tem o Smith pra encarar), nada do mundo de celebridades.
Tudo começa pq ela está trancada no hotel, desiludida com a vida e resolve sair pra dormir com o primeiro que aparece. Exatamente igual ao primeiro livro, a mocinha não quer compromisso, só uma noite e nada mais.
Ele, acabou de pegar a namorada-quase-noiva na cama com outro e desiludido, sai a caça de uma noite de paixão, tal qual a mocinha.
E quando os dois se olham já se encantam um pelo outro, mas a noite não termina como o esperado.
Depois que os dois ficam juntos, corri pra terminar logo o livro por que já tinha cansado. Fica essa lenga-lenga de "só mais uma noite pq não quero compromisso" e aí vai o livro todo só no bem-bom. 
Não sei o que acontece com essa autora, todos os personagens parecem iguais pra mim, só mudam de profissão, no mais todos querem a mesma coisa: Sexo sem compromisso.
É melhorzinho que o primeiro, mas não muito. E assim como o primeiro, os encontros se resumem à sexo.
Agora o próximo, só daqui há uns meses, quando eu tiver esquecido esses personagens dela.

Sem link para download


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Bianca Dupla 625 - A Falta que você me faz - Michelle Reid


Rachel e Daniel tinham três filhos adoráveis e um casamento sólido o; pelo menos, Rachel sempre acreditara nisso. Mas sua feliz existência foi destruída quando lhe contaram que Daniel tivera um caso amoroso. Então, ela percebeu que eles estiveram distantes durante vários anos. Rachel queria salvar seu casamento, mas não seria tarde demais Será que ela conseguiria perdoar Daniel, apesar de ele ter cometido, a pior traição?

Ninguém gosta de traição não é mesmo, mas infelizmente ela existe e muitos de nós não sabemos como lidar com isso. Principalmente quando se ama demais e ainda por cima se tem filhos.
Esse é o caso da Rachel. Casada há 7 anos com o primeiro namorado de escola, completamente apaixonada pelo marido e mãe de 3 crianças pequenas: um casal de gêmeos de 6 anos e um bebê de 6 meses.
Rachel tinha uma vida muito confortável, o marido era um homem bem sucedido mas ela não participava da sua vida fora de casa. Não sabia em que casos ele estava trabalhando quando aparentemente todos sabiam. Na intenção de deixar o marido confortável e não se intrometer em sua vida profissional, ela não participava de nada.
Um dia ela recebe uma ligação de sua amiga que conta que seu marido está traindo-a. Abalada, ela começa relembrar momentos de sua vida e percebe que deixou de ver muitos sinais de que isso vinha acontecendo.
Logo você começa a odiar o Daniel. Cara sacana!
Então de doce e passiva, Rachel se transforma numa mulher amargurada e impaciente.
Algumas vezes ele tenta explicar o que aconteceu na noite da traição, mas ela se recusa a ouvir.
Ele passa o livro todo pedindo perdão, e apesar de achar que não tem desculpa, você percebe que o remorso dele é verdadeiro e durante a estória muitos fatos são levados em conta, inclusive a negligência de Rachel em relação ao marido.
A estória é sobre como perdoar uma traição, passar por cima disso por que o amor que ela sente pelo marido é muito grande.
O livro é bem tenso, você se coloca no lugar dela e vive aquele drama. E o final traz um alívio.
Eu gostei muito do livro, é diferente do que estou acostumada a ler. Afinal o final feliz é quando a mocinha aceita se casar e aqui nesse caso a gente vê o dia a dia de um casal que passa por desgastes no relacionamento mas que tenta superar tudo por amor ao outro.

E essa capinha descreve muito bem uma cena entre eles :-)

Download Aqui


terça-feira, 13 de outubro de 2015

Desejo 38 - Sete anos de feitiço - Heidi Betts


Connor Riordan era a última pessoa com quem Beth Curtis queria entrar na igreja. Mesmo sendo no casamento de seu irmão, seria uma lembrança muito dolorosa das suas fantasias de garota, onde a estrela era ninguém menos que o próprio Connor. Aquela paixão culminara em uma noite de amor e sete anos de amargura. Mesmo agora, Beth lutava contra a atração que sentia por Connor e ainda escondia segredos que impediriam que ela o amasse novamente...

Fraquinho!
Eles são amigos de infância e ela é apaixonada por ele desde então.
Quando eles passam a primeira (e única) noite juntos, ela fica na expectativa de como será a vida deles juntos. Ela espera os dias passarem na esperança que ele a procure mas isso não acontece.
Enfim, após 7 anos eles se reencontram no casamento do irmão dela (e que agora é sócio do mocinho) e durante a festa ele toma um pé na bunda da namorada só porque ela acha que ele ficou olhando pra mocinha kkkkkk nada a ver!!!! A namorada bota o cara pra fora do apê (que aliás é dele) só por causa disso.... tsc tsc
A autora cometeu uma série de marmeladas como essa só pra deixar os dois sozinhos na casa do irmão. Tudo forçado só pra facilitar o desenrolar da estória. Poderia enumerá-los mas não vou por que aí eu conto todo o livro.
E esse moço foi um belo de um sacana isso sim! Tirar a virgindade da amiga de infância e nunca mais procurá-la? Sem desculpas para esse comportamento.... imagine então se ela não fosse tão amiga!

Download Aqui


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Agora e Sempre - Judith McNaught


Em 1815, a americana Victoria Seaton perde os pais em um trágico acidente. Ela e a irmã Dorothy ficam desamparadas até descobrirem que a mãe pertencera à aristocracia inglesa. As irmãs são forçadas a partir para a Inglaterra e se hospedarem na casa de parentes desconhecidos. Victoria surpreende-se com seu primo distante, o lorde Jason Fielding, disputado pelas mais belas mulheres da alta sociedade. Confusa pela arrogância de Jason, mas atraída por seu forte poder de sedução, ela percebe o primo é assombrado por um passado doloroso.

Um romance histórico maravilhoso! Perfeito!
Li em apenas 2 dias pois não conseguia me desgrudar dele. Entrou nos meu favoritos com certeza.
Vi em algum lugar que a pessoa não tinha gostado e apesar de que gosto não se discute, ao terminar esse livro pensei comigo: Como não amar esse livro?? Impossível!

Victoria e sua irmã Dorothy ficaram orfãs com apenas 18 e 17 anos respectivamente e como não tinham parentes mais próximos na América, foram enviadas aos cuidados da bisavó e de um tio na Inglaterra.
A bisavó não aceitou Victoria em sua casa pois era muito parecida a mãe, sua neta, que casou-se e foi embora do país com um homem que ela não aprovava. 
Então ela recebeu Dorothy e exigiu que Charles, único amor de sua neta, cuidasse de Victoria.
Charles logo se encantou com Victoria, a semelhança com sua amada era tão grande que ele logo  já a imaginou casada com seu filho Jason.
Jason, viúvo e extremamente sofrido, além de muito rico era também um homem ferido pelas situações da vida desde a infância. Não confiava em mulher alguma e só se envolvia com elas como passatempo. Apesar de ser filho bastardo de Charles, a sociedade pensava que era seu sobrinho.
Quando Victoria chega em sua casa, imposta pelo tio Charles, vê sua vida virar de ponta cabeça. Os criados caem de amores por ela, cheia de simpatia e generosidade. 
Victoria está sempre na espera que seu noivo, amigo de infância Andrew venha buscá-la, e ela vai levando os dias tentando ser útil em alguma coisa e não ser um estorvo para Jason.
O amor entre os dois acontece gradualmente e isso foi o mais lindo do livro. Eu pessoalmente não gosto de estória de amor à primeira vista, gosto quando as coisas acontecem naturalmente, com o tempo e a convivência.
Até mesmo as situações corriqueiras do dia a dia dela é prazerosa e por ser um livro relativamente longo, não ficou cansativo em nenhum momento.
Nem tudo são flores no decorrer do livro, algumas cenas são até mesmo chocante, mas sendo 1815 imagino que acontecia esse tipo de coisa e muito mais.
Foi o primeiro livro da autora que li e caí de amores pela escrita envolvente dela. Judith escreve com perfeição e delicadeza e você consegue se emocionar com a estória.
É um livro que qualquer resenha não será suficiente para descrevê-lo, ele 'pede' pra ser lido, ou melhor, devorado!
Super recomendo!

Download Aqui

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Um Perfeito Cavalheiro - Julia Quinn - Os Bridgertons - Livro 3


Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.


Julia Quinn vem me viciando cada vez mais, a cada livro que leio.
Estou amando essa série e as estórias não estão perdendo o fôlego.
Essa é uma versão de Cinderela, só que essa não perde o sapatinho mas sim a luva :-)
Sophie é uma mocinha sofrida que só leva pancada da vida. Não tem boca pra nada e isso me dava vontade de chacoalhar ela pra ver se acordava.
Foi deixada na porta na casa do pai, o Conde Penwood quando era uma criancinha e foi tratada como pupila dele. Apesar de todos saberem que era uma filha bastarda, inclusive os empregados, nunca isso foi mencionado. 
Ela o vê algumas vezes por ano e foi criada por empregados e tutores e apesar de não faltar nada pra ela, faltava a família.
Quando o conde se casou e levou a atual esposa para morar junto com Sophie, sua vida mudou... pra pior. A madrasta logo deixou claro que não a aceitava e que nunca se aproximasse dela ou de suas filhas. Lá se foi a esperança de Sophie enfim viver em família.
Quando o conde morreu sua vida virou um verdadeiro inferno. De enteada indesejada ela passou a ser criada pessoal da madrasta e das filhas dela. Desde limpar pratarias, polir sapatos até costurar roupas.
Sua única alegria foi entrar escondida no baile de máscaras de Lady Bridgerton, onde ela conheceu o grande amor da sua vida.
Mas a convivência com Benedict só viria depois de 3 anos e mesmo sem reconhecê-la, ela ainda nutria uma grande paixão por ele.
Benedict está longe de se parecer com o irmão Anthony, na minha humilde opinião. Achei que ele força a situação muitas vezes e se comporta de uma maneira mimada. 
E confesso que esperei o livro todo para vê-la se vingando da madrasta insuportável.
O livro é lindo, segue no mesmo patamar dos 2 primeiros sem perder a força que às vezes acontece numa sequência.
E me parece que agora que a cronista Lady Whistledown vai sair da toca?? Será?
E que venha o Colin!!!!

Sem link para download!


O Duque e Eu - Livro 1 (Simon Basset e Daphne Bridgerton)
O Visconde que me amava - Livro 2 (Anthony Bridgerton e Kate Sheffield)
Um perfeito cavalheiro - Livro 3 (Benedict Bridgerton e Sophie Becket)
Os Segredos de Colin Bridgerton - Livro 4 (Colin Bridgerton e Penelope Featherington)
Para Sir Phillip, Com Amor - Livro 5 ( Sr. Phillip e Eloise Bridgerton)
O Conde Enfeitiçado - Livro 6 (Michael Stirling e Francesca Bridgerton)
Um Beijo Inesquecível  - Livro 7 (Gareth St. Clair  Hyacinth Bridgerton) *Lançamento em 2016*
À Caminho do Altar  - Livro 8 (Gregory Bridgerton e Lucinda Abernathy) *Lançamento 2016*

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase - Série Canalhas 01


Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.
Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.
Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

Simplesmente amei!
Que livro! Que estória!!
Nada convencional, nada clichê, nada monótono, simplesmente perfeito!
A autora colocou tanta emoção, tantos dramas que parecia ser uma história real.
O personagem, que de mocinho não tem nada, é cheio de falhas, traumas, defeitos. Poderia classificá-lo em: Antes de Jess e Depois de Jess.
A estória dele é muito triste. A mãe o abandonou com o pai quando ele tinha apenas 8 anos e fugiu com um amante. O pai que nunca teve nenhuma demonstração de afeto, colocou num colégio interno assim que a mãe saiu de casa e nunca quis saber dele.
No colégio sofreu todo tipo de bulling e quando soube da morte da mãe, transformou o silêncio em ódio e nunca mais apanhou. 
Apesar de poder ter os estudos pagos pelo pai, se recusou a se formar com o dinheiro dele e assim fez bancando a si próprio. Cresceu e se tornou um homem temido por todos e com um tino incrível para os negócios. 
Quando o pai morreu, ele assumiu seus negócios - a maioria falido - recuperou e dobrou sua fortuna.
Tinha o apelido de Belzebu, por seu nariz grande, porte e comportamento de um homem impiedoso. Cercado de bebidas, jogos e prostitutas.
Difícil imaginar que uma mulher de família se apaixonaria por ele. Mas então ele conhece Jessica, uma moça diferente de todas que ele já conhecera.
A Jessica virou minha protagonista preferida. Ela é 'porreta'. Ela fala e faz!
Não é mandada por ninguém, nem pelo irmão, nem por homem algum. Recusa todas propostas de casamento, quer ser independente, ter sua própria loja.
No primeiro encontro dos dois você já sente que o casal promete uma boa e divertida estória. Eles discutem, batem de frente, te faz rir e se emocionar em muitas ocasiões.
Poderia falar horas sobre esse livro, nunca li nada parecido. A autora fugiu do padrão mocinho-perfeito e criou uma linda e comovente estória.
Se você gosta de um romance histórico eu te digo que você DEVE ler esse.
Espero ler mais livros assim!

LIVRO SEM LINK PARA DOWNLOAD

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Clássicos Históricos 402 - A primeira noite de uma mulher - Celeste Bradley - [Royal Four 2-4]


Inglaterra, 1813
Um homem com um segredo...

Dane Calwell é tudo o que Olívia poderia esperar de um marido. Atraente, charmoso, afável e até um pouco misterioso. Lembrar da noite de núpcias a faz corar de timidez. No entanto, ela se pergunta com o quê, afinal, Dane se ocupa durante todo o dia. As reuniões secretas com desconhecidos, as estranhas idas e vindas... Tudo aquilo a deixa desconfiada e temerosa. Será que seu adorado marido está envolvido em algo perigoso?... Dane sabe que a mulher com quem se casou há poucos dias é aprumada, bem-nascida e extremamente cativante. Mas acaba de descobrir que Olívia também é a criatura mais curiosa que já conheceu. Geralmente as mulheres não se preocupam em saber o que o marido faz durante o dia. Por que será que Olívia vive se intrometendo em questões que não lhe dizem respeito? Ele até acha a curiosidade dela algo divertido, encantador e um pouco sensual. Mas quando ela começa a chegar perto demais da missão na qual ele está envolvido, Dane precisa detê-la antes que corra o risco de perder sua linda esposa para sempre!

Cada dia mais apaixonada por romances históricos. E estou tendo muita sorte com eles, um mais bonito que outro e os de banca não estão ficando atrás! Ando encantada com esse mundo tão diferente do nosso em tudo, e minha vontade de ler romances contemporâneos está diminuindo.
Muito bom esse livro, quem ainda não leu não sabe o que está perdendo.
Um livro muito bem escrito, passa muito rápido, sem enrolação. Adorei essa autora!
A mãe da moça quer que ela se case logo e pra dar uma 'mãozinha', joga a moça no rio pra que o mocinho (de mocinho não tem nada, diga-se moção) a salve. Porém, é ela que o salva pq ele se enrosca no fundo do rio.
Disso até o casamento é um segundo.
Ela logo se apaixona por ele e ele se encanta pelo jeito desinibido dela, só tem um porém: O casamento não pode ser consumado pq ele é uma "aberração" (se que é que você me entende) e isso rende muitas risadas.
Tem de tudo nesse livro: Romance, comédia, cenas hot's, espionagem, mistério, enfim, você não se cansa da estória. Ele é atrapalhada e doce, ele é complexado e desconfiado. Adorei os dois!
Pena que acabou tão rápido :-)

Esse livro faz parte de uma série de 4 livros, os Royal Four.
Os outros:
Clássicos Históricos 445 - O Lorde e a Camponesa - Royal Four 1/4 
Clássicos Históricos 414 - Um Espião em Minha Vida - Royal Four 3/4
Clássicos Históricos 393 - Adorável mentirosa - Royal Four 4/4

Download Aqui


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Sabrina 1144 - O Renascer da Paixão - Karen Van Der Zee


O acidente deixou Michael DeLaurence com amnésia. Até mesmo sua esposa era uma desconhecida pra ele. Era como se a estivesse encontrado pela primeira vez. E para Amy, também, uma vez que ele passou a despertar nela antigas emoções, como se a paixão que existira entre eles estivesse renascendo.
Ela só receava pelo dia em que Michael recuperasse a memória. Pois, alem de descobrir a culpa da esposa, haveria uma decepção maior... quando eles soubesse que eles não eram mais casados!

Quando comecei ler esse livro esperava mais dele. A primeira metade foi extremamente cansativa.
A estória não tinha conteúdo, nenhuma cena marcante, somente o dia a dia morno de um casal. Ele passava o dia trabalhando enquanto ela arrumava a casa.
Ele sofreu um acidente e perdeu a memória e já estava separado da mocinha há 2 anos. 
A irmã não pôde cuidar dele quando saiu do hospital então ligou pra ex cunhada e pediu que ele fingisse ainda ser esposa dele para poder ajudá-lo. Depois de relutar ela acaba aceitando e quando vê já está totalmente envolvida com a rotina do casal e novamente apaixonada pelo marido.
Quando enfim, através dos pensamentos da mocinha ficamos sabendo do motivo dela tê-lo abandonado, a estória começa a melhorar e a leitura avançou até o final.
O momento em que ele recobra a memória, foi emocionante!!! Caiu lágrimas dos meus olhos. A estória deles foi muito triste no passado e agora eles tem nova chance de serem felizes.
Valeu a pena não ter desistido de ler.

Download Aqui



segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Paixão 304 - Fama Irresistível - Carole Mortimer [ O Legado dos Lyonedes 2/2]


Com Markos Lyonedes, onde há fumaça há fogo!
Markos é um dos homens mais falados de Nova York... E a designer de interiores Eva Grey já ouviu diversas histórias sobre ele. Sim, Markos é poderoso, rico e insuportavelmente bonito, mas Eva sabe que a única coisa que ele tem a oferecer é uma noite fascinante e nada mais. Além disso, considerando a péssima experiência que teve enquanto estava casada, ele é exatamente o tipo de homem que Eva precisa manter afastado o máximo possível. Markos, porém, já planejou o modo como irá atraí-la para a sua... Cobertura. Contratá-la para a decoração é tudo o que ele precisa para ter uma oportunidade com ela, e fazê-la se render ao seu charme avassalador!

Bem, o mocinho é perfeito né, como sempre: Lindo, milionário, inteligente e tem a fama de "pegador".
Ela não o conhece pessoalmente, somente pela fama de cafajeste que a prima dela criou, então ela quer somente fazer o cara de bobo pra se vingar, afff
Tema super batido e uma vingancinha sem motivo.
A mocinha é decoradora de interiores e consegue um horário na agenda super lotada dele pra apresentar seu trabalho. Mas por causa dessa vingancinha boba, ela desmarca a reunião duas vezes, justamente pra fazer o cara de besta. Se fosse de verdade ela nem teria uma segunda chance.
Depois o mocinho ainda banca o protetor, enxuga suas lágrimas e ela se joga pra cima dele.
Com o passar dos dias ela vê que a fama de cafa não faz jus ao bonitão e já está caindo de amores por ele.
Não é um grande livro, nem esperava isso dele, mas dá pra ler numa boa.

O conto "A Mão do Destino - Alison Roberts"
Bem xaropinho! 
Eles tiveram um casinho na Itália (ele é de lá) aí ela pensa que ele quer voltar com a namorada grávida, então ela decide voltar p/ Londres sem nem ao menos falar com ele.
Ela fica grávida depois de ter passado essa única noite juntos e depois de 4 anos resolve voltar à Itália para apresentar os gêmeos pro pai.
Eles sofrem um acidente de ônibus e adivinha quem é o médico do resgate? Simmmm, o próprio. E ela como enfermeira, começa ajudar os feridos.

Como se trata de um conto, não podemos esperar grandes momentos entre eles, mas esse foi tão resumão que nem graça teve.


Download do livo Aqui

Download do conto Aqui