24 de jan de 2010

Momentos Intimos Extra 84 - Jogos do coração - Linda Lael Miller

Os jornais espalhados pelo chão estão cheios de respingos de tinta das paredes recém-pintadas, mas isso não impede que Tony e Sharon os transformem em um leito de amor, sentindo-se corno se rolassem sobre nuvens macias e aconchegantes.Mesmo depois de divorciados, Tony e Sheron continuaram se comportando como se ainda fossem marido e mulher, como se um não pudesse viver sem o outro. Pelo menos até a provocante Ingrid surgir na vida dele e um atraente sueco cobiçar Sharon...


CLIQUE AQUI

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Linda estória de amor, Tony era tudo de bom, muito apaixonado pela mocinha e ela por ele. O mocinho não foi ogro, nem violento mesmo quando viu a ex-mulher sendo beijada por outro, trama bem moderna apesar de ser de 1988, a mocinha não ficou em casa chorando enquanto o ex ficava desfilando com outras, como sempre acontece nesses romances antigos. Família é uma coisa querida que nem sempre ajuda, às vezes atrapalha e muito. É difícil viver disputando com a perfeição da falecida esposa. E nem era propriamente o Tony que venerava a morta, mas a família dele e isso creio que foi o mais prejudicial no casamento, pois entre quatro paredes todo casal pode se acertar. Agora, convenhamos que montar até altar pra falecida é um pouco demais pra qualquer um. Achei muita falta de respeito da família dele com a nora, afinal ela criou a filha da falecida e deu outro neto a eles, o que eles queriam mais? O erro do Tony foi não ter dado um basta nisso muito antes!!!

    ResponderExcluir